Banho de Lua

Problematizando “Banho de Lua”, da branca cis hétera Celly Capello.

“Tomo um banho de lua”
Enquanto você toma um banho de Lua a periferia não tem dinheiro nem para sabão de banha, burguesa privilegiada.

“Fico branca como a neve”
Racista! Racismo estrutural, racismo sistêmico, racismo institucionalizado! Nojenta fascista assassina!

“Se o Luar é meu amigo”
Lá vem dizer que tem até amigas que são Luas, para negar que é gordofóbica.

“Censurar ninguém se atreve”
Aff! Mais uma branca que vem dizer que as manas pretas tentam censurar. Quando a gente diz que você é racista por tomar banho de Lua, isso é uma crítica social, não uma individualização, sua burra.

“É tão bom sonhar contigo”
Isso, sonhe em sua caminha confortável enquanto esmaga o povo negro.

“Oh! Luar tão cândido”
Cândida é o que eu vou tomar para não ter que conviver mais com racistas como você.

Betine BombomBanho de Lua