Nota de repúdio

Venho a públique protestar que fui mencionadx por Liberalismo Brasil. No dia em que eu precisar de menção da branquitude cis-heteritude capitalista, vou preferir ter meu corpo fora do padrão a sete palmos do chão da Mãe África, onde estarei comendo grama da savana do Serengeti pela raiz.

Minha luta é braba, minha luta é forte, e a casa grande surta quando a senzala rejeita o apoio do heteropatriarcado neocolonialista.

– B. B., no momento trancando a porta do quarto para não ter que lidar com mamãe reproduzindo machismo internalizado dizendo que ficou pasma de achar no meu histórico da internet buscas de receitas de pratos com placenta.

Betine BombomNota de repúdio