Soneto da Gordofobia

Endocrinologista fascista
Nutricionista nazista
Reforçadores de padrões
Trancadores de grilhões

Tirem essas garras do meu corpo,
e essas vendas dos meus olhos!
Fiquem bem longe dos meus Oreos
Com seu academicismo espírito de porco!

Oh, mãinha, por que pagas amiúde
Esse opressivo, controlador,
Gordofóbico plano de saúde?

Oh, sociedade, por que crias
Tanta implicância assassina
Com minhas curvas e estrias?

Betine BombomSoneto da Gordofobia